quinta-feira, 4 de julho de 2019

A MATILHA ESCARLATE LADRA RAIVOSA E ESPUMANTE ENQUANTO INALTERADO, INABALÁVEL, IMPÁVIDO E ALTIVO SÉRGIO MORO!

Joilson Gouveia*


Instando as devidas escusas e imprescindíveis anuências e tolerâncias, aos meus quase cem leitores e aos demais que a este virem, mormente aos que tiverem sangue nas veias, fibra, seriedade, sobriedade, controle, frieza e “estômago de avestruz”, para ler a tantas baboseiras, asneiras, aleivosias e diatribes infundadas, descabidas, inadequadas e improcedentes porquanto fruto da idiossincrasia de um useiro e vezeiro da ignominiosa verve escarlate de esquerdistas de esquerda e à esquerda, que se dizem resistentes (à democracia: “democracia é quando eu mando em você; quando você manda em mim é ditadura” – Millôr) meros ressentidos atoleimados, lamuriosos de enfadonhos lamentos, numa cantilena sem consolo, sem cabo, termo e fim, a ver: https://www.cadaminuto.com.br/noticia/341715/2019/07/04/no-planeta-dos-coroinhas-bolsonaristas

Choros, lamentos e tristezas de um arauto escarlate derrotado que não sabe dizer outra coisa: senão destilar todo seu furioso e venenoso “tolerante ódio do bem”; daí haja lengalengas, mimimis e chororôs!

Como a toada é única, unívoca, uníssona, repetida e repetitiva tal e qual disco de vinil (arranhado), bem por isso, urge aqui reiterar excertos de reproches editados, a saber:
  • É induvidoso, inquestionável e insofismável que o nosso país é mesmo sui generis, particular, singular e próprio conquanto original e o único, dentre todos os demais do mundo, onde marginais, bandidos e meliantes se concertam para fraudar, burlar e atuar, agir e se conduzir fora-da-lei, à margem desta ou contra todas às leis existentes, mormente, sobretudo e principalmente à Lei Maior, à nossa Carta Cidadã, que mais se tem prestado à tutelar, proteger e blindar aos malfeitores, bandidos e criminosos que aos cidadãos e cidadãs decentes, dignos, honestos, honrados, respeitadores, cumpridores e obedientes aos liames das leis! É fato!
  • Os foras-de-lei sempre avocam, invocam, rogam e apelam aos seus limites, garantias e direitos existentes no sistema jurídico-positivo-legal como se fossem os mais probos, recatados, pudicos, diligentes e irrepreensíveis ascetas de prístinas virtudes a exigir que o Estado, o Governo e o Sistema Jurídico-Penal seja cumprido à risca, rígida, imaculada e rigorosamente dentro das regras, normas, premissas, princípios, preceitos e leis, mas dê que seja em favor deLLes!
  • Ou seja, enquanto jogam sujo querem que o Sistema, o Governo e o Estado joguem limpo, escorreito e com lisura com eLLes, ainda que deem golpes baixos, ardilosos e mentirosos, urdidos e mancomunados em conluios com seus adEvogados e comparsas, mas os Poderes, Órgãos e Instituições não podem nem devem se concertar para combatê-los; se organizar e cooperar entre si, para provar todos os crimes perpetrados e que chamam de erros, enganos ou falhas ou mais cinicamente dizem não saber e que não sabiam que eram crimes os seus erros!
  • Já havíamos dito, repetido, reiterado e replicado: o estado democrático, humanitário e de direito não pode nem deve se prestar ao valhacouto, casamata, bunker e guarida desses meliantes contumazes na prática desses erros:
  • a) https://gouveiacel.blogspot.com/2016/12/democracia-e-quando-eu-mando-em-voce.html;
  • b) https://gouveiacel.blogspot.com/2019/03/a-quem-serve-alta-corte-totalmente.html;
  • c) https://gouveiacel.blogspot.com/2018/04/sobre-insolencia-ganancia-e-demagogia.html, e;
  • d) http://gouveiacel.blogspot.com/2017/10/a-anomia-ou-entropia-deixa-tudo-como.html.
Urge, pois, por conseguinte e mais uma vez, aqui reiterar:
  • Onde o MPF, PGR e AGU, sobretudo o MPF militar, a saber: Lei de Segurança Nacional:
  • Art. 26 - Caluniar ou difamar o Presidente da República, o do Senado Federal, o da Câmara dos Deputados ou o do Supremo Tribunal Federal, imputando-lhes fato definido como crime ou fato ofensivo à reputação.
  • Pena: reclusão, de 1 a 4 anos.
  • Parágrafo único - Na mesma pena incorre quem, conhecendo o caráter ilícito da imputação, a propala ou divulga.
  • O deca réu é tão finório, escroque, salafrário e vigarista que as alegadas “provas”, para se livrar do xilindró, foram literalmente roubadas e criminosamente obtidas!
  • RESULTADO: continuará preso no xilindró da “república de Curitiba”, se não for transferido para um presídio ou penitenciária, pois que condenado e deca réu!
Bem por isso, comparem o assestado por Millôr Fernandes, no meme abaixo e pensem comigo, a saber: “isto sim é um Congresso eficiente! Ele mesmo rouba, ele mesmo investiga, ele mesmo absolve”.
MAIS: “O Brasil é único país em que os ratos conseguem botar a culpa no queijo”.

Já pensou se nosso equilibrado ministro e urbano herói dissesse: "só permitirei (e responderei às perguntas) dos parlamentares fichas-limpas, sem envolvimento nas delações premiadas (da lava-jato) e sem processos-crimes"? Seria o máximo; ou não?

Mas, infelizmente (ou felizmente), o nosso virtuoso herói SÉRGIO FERNANDES MORO é calmo, tranquilo, urbano, sereno, seguro, sóbrio, sincero e paciente em demasia!

A urbana serenidade, tranquilidade, sobriedade, imparcialidade e impessoalidade de quem cultua o dever de ofício à fidedignidade da verdade verídica, magnânima, altiva, altaneira e justa do nosso Excelentíssimo Senhor Ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Fernandes Moro, que “entrou grande e saiu gigante” da sabatina com os “probos senadores”! - E com os “deputados”, principalmente) Mais uma vez, Moro foi, ouviu, respondeu, falou e calou-os! Firme, sereno, inalterado, inabalável e impávido diante de uma latomia de uma MATILHA FURIOSA!

Daí ser reconhecido, pelo povo brasileiro, como verdadeiro herói: na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com/2019/07/diante-da-matilha-raivosa-insana-e.html
#somostodossérgiomoro 👈👈😎👊👊👊👊👊👊👊👊👊👊👊😎👉👉
Abr
*JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário