terça-feira, 15 de maio de 2018

FOI UM RECADO DADO POR QUEM OU PARA QUEM, E PORQUÊ?


Joilson Gouveia*


Instando as devidas vênias, aos meus quase cem leitores, por trazer à colação o texto infra de um senil obstinado, obcecado e ferrenho arauto escarlate, que bem retrata o ideal, a ideologia, a ideia, o pensamento, a “lógica” (ou falta desta) senão o modus operandi de prestidigitadores ludibriadores, dissimuladores e bravateiros loquazes, mendazes e mordazes traiçoeiros ou exploradores da ignorância de incautos, ignotos e ignaros ou ignorantes subliteratos, semianalfabetos e analfabetos funcionais e políticos, sempre usados como “inocentes-úteis na linha-de-frente”, para disseminar seus manifestos doutrinários escarlates, a saber:
Brasília – Uma das narrativas hilárias sobre o golpe de 1964 é do ator e escritor Mário Lago – que foi preso por ser comunista.
Contou Mário Lago, que para se livrar dos flagrantes, alguém abandonou os livros marxistas numa rua em Copacabana; um biscateiro encontrou os livros e decidiu vendê-los.
Sem noção do que estava oferecendo aos transeuntes, o biscateiro se entusiasmou com o apurado e oferecia os livros quase aos berros. Foi quando a polícia chegou.
Ele reagiu argumentando que estava ganhando a vida honestamente, mas quanto mais ele argumentava, mais suspeito se tornava, até que o policial encerrou a conversa com o diagnóstico: tratava-se de um “perigoso comunista”.
Coisa nenhuma; era apenas um biscateiro, que perambulava pela praça. Foi levado para a prisão na Ilha Grande, onde narrou o fato quando o Mário Lago, sem reconhecê-lo de nenhum movimento político, quis saber o motivo de ter sido preso.
O biscateiro não conhecia o conteúdo dos livros que vendia, muito menos sabia quem tinha sido Marx. Mas, era “um perigoso comunista.
- De lembrar que o “grande ator” acima citado – que, também, era advogado de porta de cadeia – fora um contumaz useiro e vezeiro da verve comunista/socialista: a mentiraA ver:
·        Ditadura”? “Anos de chumbos” ou “período sombrio” e outros quejandos como “cruéis torturas”, por exemplo, foram ilações e imputações injuriosas, improváveis, inverossímeis, mendazes e falaciosas de useiros e vezeiros da verve de esquerdistas de esquerda e à Esquerda, séquitos sequazes de Paul Joseph Goebbels, do quilate, naipe e jaez de um convicto comuna Mário Lago: “diga sempre que sofreu torturas horríveis e cruéis”! – É que “uma mentira dita mil vezes vira verdade” – Goebbels! – Na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/12/o-poderoso-povo-deseja-e-o-generalato.html.
- De fato, o ignorante (inocente) “biscateiro” sequer sabia ler nem mesmo às capas dos “livros vermelhos” muito menos ainda de seu “conteúdo”, o fazia para “ganhar um dinheirinho honestamente” enquanto vendedor de livros – tal e qual fazem os criminosos-traficantes ao usarem suas mulas, aviõezinhos, vaporzinhos e soldados infanto-juvenis do tráfico, das “inocentes comunidades”. Confessam tudo isso despudoradamente, sem nenhum constrangimento!
Essa visão distorcida da realidade é fruto dos conceitos que se faz à mercê das próprias expectativas. Eles viam comunistas, onde queriam ver e isso se disseminou de uma forma que contaminou todos os segmentos.
·      Uma verdadeira paranoia nacional.
·     Nessa paranoia estavam envolvidos religiosos da Tradição, Família e Propriedade; militares, comerciantes, um segmento estudantil virulento de direita vendo inimigos em todos os que lhes fossem contrários.
·       Um campo fértil para se disseminar o ódio.
- Destaque-se ainda, por supina valia, importância fundamental e verdade Histórica, que, à época, tais partidos eram clandestinos e ilegais, portanto subversivos, contraventores e criminosos! E, quanto a odiar e disseminar o ÓDIO, eis o conteúdo dos livros “vendidos” pelo “inocente biscateiro”, a ver:
Eis o dogma: “Precisamos odiar. O ódio é a base do comunismo. As crianças devem ser ensinadas a odiar seus pais se eles não são comunistas” – Lênin. https://www.pensador.com/frase/MTQ4MjE5Nw/
P.S.: No mais da vez, as vítimas desses tais “haters” somos a classe-média, consoante aquela “pensadora-crítica” escarlate Chauí; ou não? Lembram dela? – Na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2018/04/a-descabida-censura-fere-de-morte.html.
- E, após confessar, cinicamente, sem nenhum pudor ou constrangimento, encerra com o silogismo leninista de imputar aos outros aquilo que praticam e que são: “frios, cruéis e dissimulados sanguinários assassinos”!
·   O noticiário sobre os crimes praticados no governo Geisel, com o conhecimento do general Figueiredo, que veio a sucedê-lo na presidência da República, só tem de novidade o fato de ter se originado de documentos em poder dos Estados Unidosque apoiaram o golpe.
·     Mas, como nada é por acaso, a notícia serve para ligar o sinal de alerta. Para quem foi o recado? (Sic.) – Na íntegra e sem grifos in http://blogdobob.blogsdagazetaweb.com/2018/05/11/para-quem-foi-o-recado/
Com efeito, a tal “notícia” – que sequer menciona acima – diz tratar-se de um suposto “MEMORANDO DA CIA” (provavelmente falso) que teria sido aberto ao público estadunidense em 2004/2007 [só agora “revelado” pela emissora que ele próprio afirma ser “golpista”] mas essa “revelação” seria um “recado” que não sabe para quem? Indagaria: dado por quem, para quem, e porquê?
Ora diz que a CIA deu o “GÓPIS” naquela ciclista “inocentA”! Ora afirma que “a CIA tem adestrado o MORO, para perseguir e condenar aquele que se autoproclama de ‘ALMA MAIS ONESTA DO MUNDO’, que é réu/condenado a 12 anos e um mês”! – O qual deveria estar num presídio ou penitenciária, jamais na carceragem da PF!
Contudo, o tal “memorando” diz que “Geisel teria autorizado a execução de presos-políticos” (quando todos os “anistiados e autos-exilados”: presos à época e, atualmente, também na “democracia” – o que prova que os militares jamais estiveram errados – estão aí, vivos e com as burras-cheias de generosas indenizações, graças à “impessoal e imparcialíssima” caolha, vesga, estrábica e míope Comissão Nacional da Verdade – CNV – que vasculhou “os tapetes” e fuçou os “porões da ditadura” nesses treze anos no Poder, sem nada encontrarem, mormente das vítimas “desaparecidas”, “justiçadas” ou imoladas, inocentemente, por seus próprios “camaradas”) tal e qual o “biscateiro” inocente-útil tanto quanto universitários e secundaristas – Ver quadro abaixo.
Enfim, se "Geisel determinou a execução", alguém "descumpriu às ordens do ditador", o que é a mais grave insurreta indisciplina ou amotinada insubordinação; ou não?
Simples: Todo o evangelho de Karl Marx pode ser resumido em duas frases: Odeie o indivíduo mais bem-sucedido do que você. Odeie qualquer pessoa que esteja em melhor situação do que a sua”. - Henry Hazlitt. Na íntegra in https://www.institutoliberal.org.br/frases/frase-do-dia-294/
Abr
*JG
P.S.: O tal “memorando” seria da lavra do Centro de Informações do Exército - CIE, que surgiu só em 1993, via decreto de Dez/1992, de Itamar Franco! ;)








Nenhum comentário:

Postar um comentário