quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

A PELEJA DE UM REBELDE NOVIÇO NEÓFITO CONTRA VELHAS VÍBORAS, SERPENTES, HIENAS, RAPOSAS E AVES-DE-RAPINA POLÍTICAS

Joilson Gouveia*

Ressabido, consabido e comprovado de que não há “anjos, santos, inocentes e vestais ascetas de prístinas virtudes”, na política (assim em minúsculo, pequena, medíocre, podre e miserável como a nossa), mormente no parlamento: congresso nacional, nas assembleias e câmaras de vetustos, impolutos e probos edis obsoletos senão supérfluos!
Aliás, muitos se autoproclamam “politicamente corretos”, como se fora possível um deles ser correto e agir corretamente, se os fossem não teriam porquê manter o odioso, inescrupuloso e criminoso foro privilegiado nem prerrogativas e privilégios por seus cargos e funções, além da imunidade parlamentar constitucional, que os tornam “mais iguais” dentre os demais!
Há políticos bons – dizem -, o difícil é encontra-los!
Diz-se-ia mais: como lidar com serpentes sem os riscos de sofrer dolorosas e doloridas picadas peçonhentas, venenosas e quando não sempre letais?
Pode-se andar em lodaçais, pântanos e manguezais sem sujar-se ou enodoar-se em suas lamas fétidas?
A rigor, quando, como, por quê e para que ou qual o porquê, motivo ou razão que aceitou e se tornou o “secretário” garoto-propaganda do atual “governo”, se a própria lei o impedia, obstava e vetava tal assunção, tanto quanto aquele outro do “governo anterior”, que foi cogitado forte candidato ao Senado; lembram? Fantoches?
Ademais, supino gizar, nada contra o emergente, inusitado e eventual “preferido-noviço”, mas, nessas e com essas mesmas urnas [“urnas digitais-eletrônicas imaculadas, seguras, invioláveis, invulneráveis e jamais auditáveis, da venezuelana Smartmatic, de George Soros”] nenhum candidato que não seja “aprovado” pelos mais de 35 partidos escarlates e que NÃO reze na surrada, ultrapassada e equivocada cartilha socialista/comunista/marxista/leninista/trotskista/stalinista/gramscista et fabianista da escumalha de esquerdista de esquerda e à esquerda, terá chances de vitória, sobretudo numa eleição SEM VOTOS IMPRESSOS e SEM APURAÇÃO, COMPUTAÇÃO e TOTALIZAÇÃO ostensiva, pública, clara e transparente, com reais, concretas, possíveis e plausíveis aferições, impugnações, contestações e comprovações de seus resultados sufragados!
-“Voto não decide nada; quem conta os votos decide tudo” – Josef Stalin.
Diga-nos, caro Peninha, em quanto países há eleições nos moldes brasileiro senão em Cuba, Venezuela, Bolívia, Equador, Uruguai, Paraguai e etc.? A ver: http://www.folhapolitica.org/2013/09/mais-de-50-paises-ja-rejeitaram-as.html
Demais disso: seus valiosos préstimos parlamentares seriam maiores que os seus relevantes e prestimosos méritos enquanto fora secretário, promotor e procurador de justiça em prol de Alagoas e, sobretudo, aos alagoanos? Saindo de seu mister não ficaremos necessitados, capengas e carentes de sua valorosa eficiência e eficácia enquanto paladino fiscal da lei e condutor do Parquet caetés – ainda que não sejamos insubstituíveis?
O que é melhor, para Alagoas e alagoanos: um vetusto exímio, experiente e expert PGJ ou um neófito parlamentar entre raposas-velhas, hienas e aves-de-rapina da política nacional e local?
Enfim, não discuto, não julgo nem avalio pessoas nem os supostos consequentes fatos (quando muito estes), mas a ideia de deixar de ter-se um proficiente, producente e profícuo profissional no seu ofício e dever-poder, para tentar ser um neófito “probo político politicamente correto e honesto”, nessa política que aí está, notada, especial e particularmente enodoada por mais de 50 tons escarlates!
Quais programas, projetos, planos, diretrizes, operações e ações estratégicas para tirar nossa Alagoas do lodaçal, lamaçal, atoleiro e pantanal em que amarga, míngua e jaz nesses últimos dez lustros?
Quais chances de um rebelde, noviço e neófito na lide, contenda e luta contra velhas víboras, serpentes, hienas, raposas e aves-de-rapina políticas, nesse atual sistema eleitoral?
Abr
*JG
P.S.: Postado in http://blog.tnh1.com.br/ricardomota/2018/02/09/alfredo-gaspar-ja-prova-do-mesmo-veneno-dado-a-marx-beltrao/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário