quarta-feira, 19 de julho de 2017

CARPIDEIRAS ESCARLATES CHORAMINGAM AOS BATEDORES DE PANELA E AOS CAMISAS VERDES-AMARELAS

Joilson Gouveia*

Em verdade, a rigor e na realidade, meu caro comentarista "Carlos", o povo jamais teve ao seu inteiro dispor e de posse dessa verdadeira arma cívica-democrática e cidadã, a qual te referes: o VOTO!
De lembrar o dito do maldito Stalin: "Voto nada decide; quem conta o voto decide tudo!"; e, com efeito, infelizmente, assim foi, tem sido e sempre será, mormente enquanto houver eleições temporárias ou sazonais, nessas "seguras, invulneráveis e invioláveis urnas eletrônicas-digitais, da venezuelana Smartmatic, de George Soros”, que é rejeitada, proibida e abominada em mais de 50 países, mas aqui, na democracia tabajara, tem mantido os mesmos de sempre, independentemente do VOTO do povo, sufragado ou até mesmo “vendido-e-comprado”, como sói acontecido, pelos mais miseráveis, carentes, dependentes e necessitados, mantidos ou não pelos incomensuráveis currais famélicos dos tais bolsas isso, bolsa aquilo ou a quilos, sem trocadilhos!
Daí, e bem por isso, a mantença da esfarrapada, perversa, surrada, carcomida e afiadíssima tesoura-escarlate no Poder, desde quando aquele entelequitual "professor de Sorbonne"; capisce!?
Aliás, visite nosso modesto blog e pesquises, na ferramenta de busca, sobre essa inescrupulosa, enganosa, oprobriosa, criminosa, assassina e afiadíssima TESOURA-ESCARLATE, sim?
Demais disso, urge relembrar que esses mesmos que "reclamam" sobre o “silêncio das barulhentas panelas” e da ausência dos indivíduos, voluntários, espontâneos e gratuitos "milhões de brasileiros e brasileiras de camisas amarelinhas da cbf" - quando fomos por eLLes chamados, pechados, injuriados e xingados de "coxinhas", "golpistas", "fascistas", "reacionários", "racistas" e etc. e tal - foram os que elegeram à "chapa vitoriosa" (no maior, mais desbragado, insidioso, oprobrioso, inescrupuloso e criminoso estelionato eleitoral de todos os tempos, onde "fizeram o diabo para não perder as eleições" [não perderam, mas não venceram] quando teriam tido mais de “54 de milhões de votos”, sequer saem às ruas batendo latas e de vestidos de escarlates e, ainda assim, têm a cara cínica de implorar nosso apoio e choramingam feito carpideiras...) 
Vão às ruas e batam nas latas - já que nem panelas têm, pelo visto - estão esperando mortadelas, pão, refresco mais trinta reais e os “kits” dos mais de 17.700 sindicatos e centrais escarlates, que só existem para defesa deLLes, da “criatura”, “a inocentA, e do seu “criador”, que anelam repor ao Poder, como o mais vetusto “asceta de prístinas virtudes”! Ou não?
Eis, pois, a sutil, simples, pequena e fundamental diferença: o “fora, Temer!”; fora dado quando não os elegemos e, sobretudo, quando a apeamos do Poder, que deveria ter sido defenestrada, cassada e presa, mas urdiram uma “queda sem coice”, como ressabido, mormente porque anelamos em ver todos os corruPTos, corruPTores e envolvidos no mensalão, PTolão, Carfão, Fundos de pensão, Zelotesão e outros mais que virão, processados, julgados, condenados, expropriados e confiscados seus bens e, acima de tudo, trancafiados no xilindró, nas cafuas, celas e masmorras dos presídios, cadeias e penitenciárias; enquanto eLLes e tais carpideiras escarlates querem-no de volta ao Poder! Arrego! Vade retro, diabos vermelhos!
Abr
*JG
P.S.: postado no http://blog.tnh1.com.br/ricardomota/2017/07/13/deputado-arthur-lira-foi-o-voto-de-alagoas-a-favor-de-temer-na-ccj/

Nenhum comentário:

Postar um comentário