sábado, 15 de abril de 2017

UM PARTIDO NOVO OU UMA NOVA ORDEM MUNDIAL – NEW WORLD ORDER

Joilson Gouveia*

O que há de novo, no Brasil, em termos de política partidária desde que defenestraram os conservadores de direita e à direita, os nacionalistas, intervencionistas, patriotas e cultores dos bons costumes tradicionais e dos valores da família, nesses últimos dez lustros?
Há quantos "partidos" no pluripartidarismo democrático brasileiro? Até onde sei: são 35 (trinta e cinco! E, como se sabe, se infere e se depreende de suas siglas e “programas-partidários”, todos são de matizes socialistas ou comunistas ou socialdemocratas ou democratas-sociais, além dos dois assumidamente comunistas PCB e PC do B, dentre outros tantos dissimulados, escamoteados e travestidos de NOVO tanto quanto o PSOL, Rede, PCO etc., cujas verves, idiossincrasias, ideias, ideais, ideologias e CAUSA!
Todos esses novos pugnam por ela (causa) que está acima de tudo e de todos, inclusive do país, do povo e da nação porquanto em nada diferem dos comuna-socialistas ou sociais-comunistas (democráticos) todos progressistas e evolvidos tanto quanto Cuba, Venezuela, Bolívia, Equador, Uruguai, Paraguai, Coréia do Norte e alguns tiranetes africanos, só para exemplificar alguns – “O socialismo só funciona com a grana brasileira” - Olavo de Carvalho. O muro de Berlim caíra numa simbólica aparência de que o comunismo teria o mesmo fim! Puro logro!
O novo nada mais é que o velho, arcaico, carcomido, puído, esfarrapado, decrépito e surrado discurso da mesma ladainha, cantilena, litania e latomia de sempre: em “defesa da democracia, da constituição (que nunca respeitam-na nem às leis), da sociedade solidária e justa e em defesa dos pobres – sem a pobreza e os pobres, as vítimas, as minorias e os excluídos sociais, que alimentam, sustentam e mantém a esquerda esta não existiria (quanto mais pobre o povo mais esquerdistas coletivistas-igualitários e salvadores da humanidade e pregadores da igualdade-igualitária, inclusive de gênero), daí a conveniência de mantê-lo na miséria e dependente do Estado mediante Programas-Sociais que são verdadeiros currais eleitoreiros famélicos tal e qual os Bolsas-Família e até o Bolsa-Rouanet.
O “velho/novo comunismocaiu e exsurgiu a NOM ou New World Order – Nova Ordem Mundial, cujo desiderato precípuo, primordial, principal e prioritário é a islamização do Ocidente, a saber: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/04/alerta-de-percival-puggina-sobre.html, que o guerrilheiro “Mateuspretende legalizar com a nova lei de imigração, que escancara as nossas fronteiras e arreganha os intestinos territorial nacional aos dissimulados “refugiados” que o próprio mundo Árabe não os abriga, nem alberga tampouco os recebe! Em breve, muito em breve, estaremos assistindo aos mesmos sangrentos episódios de violência, crueldade e criminalidade havidos na União Europeia causados pelos intolerantes “pacatos-cidadãos” que nos veem como infiéis!
Bem por isso temos dito: urge endireitar nossa nação!
Enfim, resta saber se o novo partido ou partido novo que se diz ser de direita e à Direita, são os mesmos liberais-democratas e do neoliberalismo-social ou seriam os tais novos “fabianos”, do ilustre professor de Sorbonne?
Abr

*JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário