quinta-feira, 13 de abril de 2017

DESCONCORDO: NEM TODOS SOMOS HIPÓCRITAS OU DOIS ERROS NÃO DÃO UM ACERTO NEM UM ERRO JUSTIFICA O OUTRO

Joilson Gouveia*

Permita-me desconcordar da ilação esposada pelo preclaro cronista criticista, com a devida venia, por óbvio e à toda evidência, porquanto já termos asseverado que "dois erros não dão um acerto nem um erro justifica o outro" quando um senil arauto escarlate (que se diz “pioneiro e jornalista das tevês Educativa e Gazeta de Alagoas”, quando é-o assessor parlamentar júnior da presidência do senado) tentou semelhante silogismo, numa pífia alegação de haviam feito antes o que eLLa fizera: “pedaladas fiscais e caixa-2”; a saber:
  •       "DOIS ERROS NÃO DÃO UM ACERTO NEM UM ERRO JUSTIFICA UM OUTRO
  •       Joilson Gouveia*
  •     Admitindo-se procedentes, verdadeiras e verídicas as assertivas assestadas pelo vetusto, senil, debilitado, débil e decrépito arauto petralhista, eis que exsurge uma dúvida, questão ou indagação que se impõe, a saber: por que é que o impoluto, honesto, honrado, indefectível e perleúdo homo lusco não desfez aos erros, falhas, malfeitos e os maus negócios e até as alegadas, imputadas e possíveis ou eventuais “negociatas” do FHC, nos seus mais de oito anos no “puder” ou nos atuais deLLa? São mais de treze anos de omissão, desídia, indolência, descaso e desdém ou alheios aos mesmos, pois nada consertaram, nem emendaram, nem corrigiram, nem descobriram ou sequer provaram tal qual e tanto quanto aos “porões da ditadura”; lembram? Ao que me recordo, o homo lusco apenas copiou (com nomes diferentes) ou majorou aos feitos e malfeitos do FHC; ou não? Quem “criou” os 39 ministérios, que eLLa até reclama?
  •     O caro leitor mais atento, observador e inteligente já deve ter percebido, notado e visto que não há um comentário favorável aos escritos do arauto vermelho, tenaz e ferrenho esquerdistaPATA comunapetralhista, o Sir Bob - The bobo, salvo os de uns alienados, alienantes e alienígenas séquitos e sequazes da mesma súcia matula vermelha, que aviltam, depenam, espoliam e depredam o Patrimônio, o Tesouro, as Riquezas e Erário Nacionais, no mais da vez, aparelhados nos mais de 139 mil cargos comissionados incrustrados nas tetas governamentais dos mais de 39 ministérios e suas incontáveis e inúmeras "agências empregadoras" que de reguladoras não tem nada e nada têm.
  •       É o caso do "analisador", que sequer viu, leu ou ouviu a fala da governANTA, na ONU, que disse que "todo o esforço chegou ao limite" e o pibinho é de -2,5%, fez o Dólar bater recordes de R$ 4,19 e uma inflação monstra de 10,5% ao mês e um desemprego de 8,62%, sem falar nas majorações de impostos, taxas, contribuições e serviços, onde o gás de botijão teve aumento de 12% e etc. Enfim, um desastre total, para não dizer uma crise caótica, pois não consegue reduzir seus 39 imprestáveis ministérios, inúmeras "agências empregadoras" com mais de 139 mil "cargos comissionados" recheados de mordomias em virtude do "aparelhamento vermelho" do Estado Brasileiro.
  •      Eh! Somos mesmo uma "sociedade imbecil, idiota e manipulada", mas manipulada pelas falas falazes, falaciosas, irreais e inverídicas de uma presidentA que não manda nem gere nem governa nada a não ser sua "paradisíaca ilhota havana", que serve de valhacouto ao seu "ídolo" déspota, cruel e sanguinário nada democrático, enquanto isso, eLLa pedalando, pedalando, pedalando...
  •      Ah! "Amigo do povo", suas assertivas me fazem lembrar de um aforismo de Benjamin Franklin, mormente quanto às saídas, explicações ou desculpas dos comunapetralhistas, na debalde tentativa de justificar o injustificável e provar o improvável ou distorcer ou desfazer a realidade dos fatos, a saber: “Pessoas que são boas em arranjar desculpas raramente são boas em qualquer outra coisa”. É a cara dos comunapetralhistas; ou não? A cara só não, é o corpo todo, pois faltam-lhes isto, a saber: "Só o homem íntegro é capaz de confessar suas faltas e de reconhecer seus erros”. - BF.
  •    O mau-caratismo é presente, patente, flagrante e marca registrada dos comunapetralhistas, “que defendem a democracia” - aquela cubana - e querem se manter no poder tal qual seu ídolo homiziado na ilhota, que o serve de valhacouto.
  •    O Brasil, seus brasileiros e suas brasileiras, não mais aguentam, aceitam, suportam ou toleram ver ou ouvir um comunapetralhista sem sentir náuseas, aversão e nojo ou vergonha de terem sido ludibriados, enganados e traídos, mormente os que "neLLa votaram" – vide as fotos de posse, de 2011 e 2015, que atestam, provam e comprovam minhas desafiadoras suspeitas.
  •      Aliás, já o disse antes, repeti e reiterei e até desafiei: provem que eLLa recebeu os mais de 54 milhões de votos? Duvido e muito, nem creio que tenha sido eleita com lisura, transparência e legitimidade! Onde estão os "seus eleitores" que não ocupam às ruas, em sua defesa, mesmo sendo pagos com suco e pão com mortadela não reúnem mais que uns milhares (isso, nas contas deLLes), que caberiam numa kombi, numa van ou numa camionete.
  •       Fora, corja vermelha! Fora, Dilma! Fora, Lula e fora, PT!
  •       Abr
  •       *JG
  •       P.S.: Postado na gazetaweb.com, no Blog do Bob." (Sic.)

Na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2015/09/dois-erros-nao-dao-um-acerto-nem-um.html - O texto supra está editado em nosso desde 30 de setembro de 2015.
Enfim, seríamos todos hipócritas, dês que todos nós praticássemos, sem nenhuma exceção, os mesmos atos, atitudes, condutas e comportamentos deLLes; ou não? O que não é o caso.
Afinal, o cidadão ou cidadã, eleitor ou eleitora, ao "confiar e votar" não os outorga plenos poderes para serem indecorosos, ímprobos, inescrupulosos e criminosos; ou não?
Somos todos semelhantes sim, enquanto seres-humanos, mas com pequenas, medias ou grandes, distintas, diversas, divergentes e diferentes modos de Ser ou até mesmo sutis distintas, diferenças e discrepâncias, e não somente em ideais, ideias, ideologias ou idiossincrasias ou princípios, valores axiológicos éticos, morais, culturais, intelectuais e etc.!
Só com a isonomia nos tornamos todos iguais e somente nela somos todos iguais e semelhantes ainda que os políticos/parlamentares sejam muito mais iguais que nós, os pobres mortais, infelizmente a lei ainda não é indistintamente igual para todos, hipócritas ou não!
Abr

*JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário