segunda-feira, 12 de maio de 2014

BREVES NOTAS SOBRE O SHOW DE “50 ANOS DO GOLPE MILITAR”

Joilson Gouveia*
  • "Nós treinamos duro. Mas, toda vez que nós estávamos começando a formar as equipes, éramos reorganizados. Mais tarde, à medida que ficava mais velho, eu aprendi que enfrentávamos qualquer situação nova por meio da reorganização; e, que excelente método para se criar a ilusão de progresso, enquanto criávamos confusão, ineficiência e desmoralização". Petronius Arbiter; Centurião - Legiões Romanas - 210 AC.
Espero que não CENSUREM; como tem ocorrido e vem ocorrendo com outros posts nossos aqui nesse renomado site e respeitável webjornal, eis o que postei no Blog do Marcelo Firmino, a saber:
“Marcelo, sabemos nós, que temos colegas de bairro que estiveram metidos ou engajados nessa LUTA de sofrível peleja, mas será que era por isso e para isso que aí está que eles buscavam e pelo que LUTARAM?- se foi para isso e por isso; lamento! Mas, sequer quero compartilhar das dores deles e, menos ainda, de suas nefastas glórias!
Nossa democracia - esta que aí está repleta de petralhistas mensários e de recrudescente violência e narcotraficantes mandando na Nação e tenaz, contumaz e sorrateiramente invadindo e ocupando o País - ver integrantes das FARC's e "médicos cubanos" e outros guerrilheiros forjados em La Isla Cubana - onde hoje, nem mesmo no interior da sua residência o CIDADÃO SE SENTE ou se está SEGURO (o lar deixou de ser o asilo inviolável do cidadão, para ser o pasto LIVRE de bandidos, assaltantes e ladrões quando não LATROCIDAS, ou não?); não temos mais a certeza de usufruir ao DIREITO DE LOCOMOÇÃO quanto mais à sacrossanta, imprescindível e inalienável LIBERDADE DE IR, ESTAR, FICAR E VIR!
Em breve, muito em breve ou brevíssima e já: AMORDAÇARÃO-NOS! JÁ NOS CENSURAM.
Abr
JG”
N.A.: No Blog saiu; mas na matéria sobre o SHOW dos 50 anos; nada!

Aliás, por falar em LIBERDADE, até nossa imprescritível, impostergável e irreprochável LIBERDADE DE LIVRE EXPRESSÃO ou de LIVRE MANIFESTAÇÃO DO PENSAMENTO, já está ameaçada ou em iminente ou gravíssimo perigo de supressão ou extinção ou de redução ou mesmo de CASSAÇÃO; vem aí o MARCO CIVIL; prenuncia-se: seremos uma república bolivariana chavista, fidelistas ou castristas, ou lulista/dilmista/dirceulistas ou de mensalistas mensários; sem contar que alguns “mediadores” ou tutores ou administradores ou donos da verdade e de sites e webjornais, já nos tem cassado o direito da palavra ou de livre manifesto da expressão, a despeito de seguirmos, cumprirmos e respeitarmos às regras de cada um deles, mas, ainda assim, temos sido e sofrido odiosas CENSURAS sinistras, enigmáticas, misteriosas ou INEXPLICÁVEIS, no mínimo, a despeito de reiterarmos e persistido em postar.
De lembrar que, os mesmos de sempre e de antes, tentaram “amordaçar” ou reduzir a competência dos Ministérios Públicos Federal e Estaduais, via PEC/37, e, se não fora a grande mobilização, mormente das redes sociais, teriam reduzido a quase nada as atribuições do Parquet.
Eis que, agora, tentam mais uma vez e mediante expediente similar: PEC/51 e 120; e o ardil perigoso e engodo enganador ou falacioso argumento é de que a imensa maioria das praças quer a desmilitarização das briosas estaduais e de que a UNIFICAÇÃO ou fusão, delas com as demais civis dos Estados-membros, que lhes dariam uma CARREIRA ÚNICA, num lobby avassalador das associações de praças e de delegados – daí lembro do movimento dos sargentos da FAB, na época do Jango ou do contragolpe – vejam mais sobre essas PEC's sorrateiras, sinistras e urdidas com um único fito: calar ao Ministério Público e DEFENESTRAR as nossas briosas; em nosso singelo, simples e modesto Blog, a saber:
http://gouveiacel.blogspot.com.br/2014/05/emendas-piores-que-sonetos.html

A desmilitarização querida é a que defendemos desde quando tentaram UNIFICAR ou FUNDIR com as polícias civis estaduais – vide em nosso Blog e outros sítios da rede web, a saber:
A) http://djuris.br.tripod.com/doutrina/artigos/unifdesmmunic.htm
B) http://gouveiacel.blogspot.com.br/2013/11/de-novo-esse-tema-unificacao.html;
C) http://gouveiacel.blogspot.com.br/2013/11/outra-vez-unificacao-das-policias-eles.html.

A ideia fixa, de UNIFICAÇÃO ou CICLO COMPLETO de Polícia, surgiu nos idos de 1989, e, de lá pra cá, até hoje metem o bico renitente, para as fundir – Ver URL da alínea A) supra. Outra: incutiram nas cabeças de algumas personagens ou lideranças de associações de praças de briosos do Brasil, que tais PEC's 51 e 120 seriam imprescindíveis para a APROVAÇÃO DA PEC/300, que o próprio “governo” é contra e seu ParTido também, cuja PEC/300 somente fora usada como moeda de troca na ELEIÇÃO da MÁ“mãe dos brasileiros” e “sargentona do molusco”, como ele mesmo dizia.
Ora, se a UNIFICAÇÃO é a solução da SEGURANÇA PÚBLICA, como aduzem, alegam, propagam, insistem, pugnam e pelejam, que a POLÍCIA SEJA UMA, UNA, ÚNICA, INDIVISÍVEL e FEDERAL haja vista que as LEIS substantivas e adjetivas e administrativas vigem em todo o território nacional, em todo o país e na nação brasileira.
Pronto; fundam-nas todas numa única POLÍCIA NACIONAL E DE CICLO COMPLETO E DE SALARIO ÚNICO CONSOANTE ISONOMIA E, ÓBVIA, CLARA EVIDENTEMENTE, HIERARQUIZADA, DISCIPLINADA, UNIFORMIZADA E CIDADÃ PROTAGONIZANDO OS DIREITOS FUNDAMENTAIS POLÍTICOS E CIVIS DOS CIDADÃOS, e não somente para servir às Instituições e Poderes Constituídos, como sói.

Eis o que temos dito, reiterado e repetido e escrito, nesses mais de seis lustros, a saber:
http://gouveiacel.blogspot.com.br/2012/03/militar-estadual-remuneracao-ou.html
O status castrense, de força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, tem levado à infensa senão caolha pecha de que o PM foi responsável pelo obscurantismo ditatorial militar, daí defenderem sua extinção senão unificação ou mesmo desmilitarização, mormente por se coonestar a violência como práxis dos castrenses. Crasso engano próprio de broncos.
De lembrar que sou favorável à desmilitarização da polícia cidadã, haja vista que se pode ser uniformizado, disciplinado, hierarquizado e, necessariamente, não ser militar. O adjetivo militar do substantivo policial só nos torna numa híbrida casta desprovida de direitos ou nos condiciona à subespécie humana ou à condição de cidadão de segunda categoria, dês que admitida absurda e odiosa hipótese de haver temerária taxionomia.
À guisa de ilustração: se há direito para o policial, este não alcança ao PM posto ser militar; ao reverso, quando o direito é ao militar, afirmam que somos policiais.
Entretanto, o PM é cidadão sim e sujeito de direitos, mas com muito mais deveres que direitos, conquanto lhe alijarem alguns direitos fundamentais comuns ao cidadão, quais sejam: livre manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; livre associação sindical ou sindicalização; filiação política partidária; direito de greve – dizem que somos serviços essenciais, mas não nos reconhecem e pagam por esse serviço essencial.
Abram os olhos, meus caros castrenses estaduais, releiam aqui o que já foi dito e escrito sobre essa PEC/300, que não passa de uma ardilosa, maquiavélica e falaciosa Proposta Enganadora Castrense: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2012/03/piso-nacional-castrense-ouro-de-tolo-ou.html.
Tenho dito e escrito!
Ab
*JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário