domingo, 23 de março de 2014

ANISTIA NÃO É VINDITA NEM JAMAIS DEVERÁ SER E NEM É ESTE O BRASIL QUE QUEREMOS


Joilson Gouveia*
O texto abaixo decorre de posts ao editado no link seguinte http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/?vCod=192876 em cuja matéria “sugere” uma reflexão, mas sem a devida reprodução real dos fatos ou dos eventos históricos havidos de ambos os lados.
Presos e trocados pelo embaixador SEQUESTRADO! Interessante, não? Ao menos admitem isso! Mas NEGAM que foram e, portanto, SÃO TERRORISTAS, SUBVERSIVOS, SEQUESTRADORES, ASSALTANTES e ASSASSINOS ou, pelo menos, a tal Comissão da Verdade não ENXERGA e NÃO QUER VER, o que é pior!
Os militares evitaram (ontem) o que há hoje, rotineira e continuamente e em aviltante demasia contumaz e curial: ROUBOS ao ERÁRIO do BRASIL! ALÉM DE EXORBITANTES OU EXCESSIVAS OU EXAGERADAS GENEROSAS, FRATERNAS E SOLIDÁRIAS DOAÇÕES DE NOSSAS RIQUEZAS e PERDÕES MONETÁRIOS E FINANCEIROS AOS DITADORES DEVEDORES DO BRASIL.
Reitere-se: os militares EVITARAM, há 50 anos e em boa hora ao que ocorre hoje: AVILTAM, DEGRADAM E ESPOLIAM O ERÁRIO NACIONAL, PERDOAM DÍVIDAS E DOAM NOSSAS RIQUEZAS AOS CRUÉIS DITADORES MUNDO AFORA!
Após 25 anos, ANISTIARAM a todos os criminosos da “esquerdaPATIA”, que hoje BUSCA a verdade caolha! A ANISTIA foi ampla, geral e irrestrita para os “sequestradores e assassinos” deles, ou seja, para os do lado de lá! Anistia (?) há e houve anistia unilateral?
Lembro-me dos noticiários de então quando Ulisses, Tancredo, Teotonio Vilela (PAI), Simon e até Sarney (Pasmem!) diziam: AMPLA; GERAL e IRRESTRITA! ANISTIA NÃO É E NEM JAMAIS PODE E NEM DEVERÁ SER UMA VINDITA, ou não? Acaso, os SEQUESTRADORES TERRORISTAS de então não assaltaram, torturaram, mataram, sequestraram e EXPLODIRAM inocentes? Estes estão isentos, impunes, incólumes, imaculados e por que não dizer perdoados pela mesma LEI DE ANISTIA, que querem considerar inócua, inerme e inóxia aos “torturadores militares”, que teriam cometidos crimes imprescritíveis e contra a humanidade; os deles e cometidos por “eles*não os são E NEM TERIAM SIDO. O que se nos afigura ou resulta num odioso estrábico, caolho ou exame de vesgo e oblíquo olhar ou de uma visão repleta de puro olhizaino e de mero zarolho de uma zanaga comissão, ou seria zangada?
*Devem apregoar, seguir, cultuar, adorar e venerar ao seu ídolo maior, que jamais perdeula ternura em que o comprazia ao “fuzilar aos seus adversários políticos, em lo paredon”.
Os “ditadores militares” de então – olhem quanto deles espoliaram a nossa Nação e enriqueceram por presidirem ao País – evitaram em bom momento, oportune tempore e naqueles instantes efervescentes ou de fervorosa ebulição social ao que hoje estamos assistindo quase catatônicos ou hipnotizados ou alheios aos esbulhos aviltantes desses últimos três lustros, a saber:
Os mensários petralhistas que “governam” nem mesmo admitem que exista quadrilha de mensaleiros, mas prendem e condenam ao ladrão de galinhas que pratica furto famélico e, sobretudo, se ALIAM, APOIAM E DEFENDEM à “democracia” de Venezuela, Cuba, Bolívia, Argentina e de outros séquitos da súcia estrábica arcaica, superada e carcomida “socialpatia rósea e de botequins” que aflige ao povo quando não prende e mata aos opositores.
Desde que se aliaram às FARC`s que a violência, o tráfico de armas e de drogas e os crimes de todas as espécies campeiam em nossas plagas sempre perpetrados, no mais da vez, por delinquentes juvenis ou adolescentes assassinos IMUNES às ainda frágeis leis penais quando não protegidos e garantidos pelas MANTAS LEGAIS desse tal ECA e de Leis Antidrogas que mais acobertam e protegem que punem aos seus traficantes e isentam aos seus usuários, tidos como dependentes químicos: se drogue, cheire e fume que o governo garante e, ainda, premia com uma bolsa-crack de irrisórios R$ 1.350,00. Trabalhe e auferirás bem menos que isso!
Estaria toda a sociedade brasileira entorpecida pelas drogas ou alheia, ignora e desdenha e se NEGA em ver à realidade da conjuntura achando que não será afligida e até morta por eles que nos querem “cubalizar, venezualizar ou bolivarizar” de uma vez por todas e PARA SEMPRE, como o anela, deseja e quer seu “rei” fidelíssimo?
Abr
JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário